terça-feira, 17 de abril de 2007

Vendendo meu peixe: Entrevista com Lanny Gordin


Bom... estarei postando pois queria estar vendendo meu próprio peixe....


Ele é rei! Não é Roberto, nem Pelé mas é rei – da guitarra como Jimi Hendrix e outros grandes nomes. E o monarca tupiniquim acaba de lançar mais um de seus projetos, depois de um tempo em retiro. Duos, novo disco de Lanny Gordin, produzido por Péricles Cavalcanti e dirigido por Glauber Amaral chega ao mercado com clássicos – hits e hitmakers da MPB. Nessa entrevista, Lanny fala sobre o que criou de diferente neste CD. Ele explica seu novo jeito de tocar (poisé, ele tem MAIS um novo jeito de tocar), e fala sobre o estilo que criou. Glauber Amaral conta como surgiu a idéia do projeto e Edgard Scandurra revela como foi trabalhar com o mestre guitarrista.


Confira!




4 comentários:

Daniel Paes disse...

Olá Pessoal!
Não entendi bem o sentido desse último post. Não ficou clara qual a relação desse assunto com a psicodelia brasileira nem com o foco do blog.

Abs,
Daniel

Tatiana disse...

Dandan, você ganhará uma maça e um post explicativo, jajá.

Bjs

aline disse...

o lanny é um dos pioneiros da guitarra, O GRANDE NOME do experimentalismo nacional... foi O nome da tropicália, era um dos queridinhos do duprat, da gal de todo mundo... surtou em sua fase psicodélica... ficou mais de 30 anos num entra e sai de clínicas psiquiátricas e agora tá voltando com um grande projeto... é por isso que ele cabe no blog... ninguém mais psicodélico que ele...

Anônimo disse...

Aprendi muito